segunda-feira, 15 de novembro de 2010

João Maria: "se não casar, ela me deixa"

Querida Sheila

Meu nome é João Maria, mas me chamam de Nhenhen. Fiquei sabendo da senhora por uma vizinha do apartamento onde moro. Ela disse que é fã sua ha muito tempo. Eu que não sou dado a coisas de blogues e outras mais deste tipo, resolvi lhe procurar. Me desculpe se fizer algum erro de escrita, mas só cursei o primario pois eramos muito pobres la em casa na Bahia onde nasci. Minha mãe pariu doze filhos. Eu fui o caçula. Morreu a coitada quando eu tinha quatro anos Hoje trabalho como chofer de taxi, tenho carro proprio, ja fui casado, minha mulher me deixou por outro. Vivo sosinho em Mairiporã, mas minha vizinha dorme aqui de vez em quando. A gente se gosta mas não tem amor. sabe como é. De noite quando ela não vem, fico jogando tranca no computador. Adoro meu computador até mais que tudo. até mais que TV onde assisto os jogos de futebol. Sou corintiano roxo. Bem, para encurtar a historia. A minha vizinha resolveu que quer casar e ter filho. Eu que ja me acostumei nesta vidinha não sei o que fazer. Se não casar,ela me deixa. Ela é muito boazinha, diz que gosta de mim e até me prepara uma comida de vez em quando.
O que faço dona Sheila. Qual é sua opinião. Muito obrigado.
Nhenhen



Querido João Maria,

A sua dúvida já encontrou resposta. "A gente se gosta mas não tem amor". Então, é como se vocês já estivessem casados há muito tempo! Qual a diferença entre "casar por amor e acabar gostando" e "casar gostando e continuar gostando"? Case, sim. Com qualquer pessoa boazinha como a sua vizinha, a sua vida e os seus sentimentos no final serão sempre os mesmos. Apenas imponha uma condição: ela não deve entrar no seu quarto quando você está jogando tranca no computador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade. Faça o seu comentário.